Quem Somos

A Aprova-Intermediação de Crédtito, Unipessoal, Lda exerce a atividade de intermediação de crédito e serviços de consultoria.

Somos uma empresa de intermediação de crédito vinculado com as seguintes entidades de crédito mutuantes: NOVO BANCO, SA; UCI, UNION DE CRÉDITOS INMOBILIÁRIOS, S.A. – SUCURSAL EM PORTUGAL; BANCO BPI, SA; BANKINTER, SA – SUCURSAL EM PORTUGAL; BNI – BANCO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAL (EUROPA), SA; CGD – CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS, SA; BANCO CTT, SA; BANCO BIC PORTUGUÊS, SA, sem exclusividade, encontrando-se registada junto do Banco de Portugal, no Regime Jurídico dos Intermediários de Crédito, com o número 0002970, para a prestação dos seguintes serviços: apresentação ou proposta de contratos de crédito a consumidores, assistência a consumidores, mediante a realização de atos preparatórios ou de outros trabalhos de gestão pré-contratual relativamente a contratos de crédito que não tenham sido por si apresentados ou propostos. Os contratos de crédito abrangidos são o Crédito à Habitação e o Crédito aos consumidores.

Seguros de responsabilidade Civil

  • Habitação | Companhia de Seguros Allianz Portugal, SA |Apólice 205966719 | Validade: 25/10/2021
  • Consumidores | Companhia de Seguros Allianz Portugal, SA |Apólice 205966736 | Validade: 22/10/2021

Para qualquer assunto relacionado com a atividade de intermediação de crédito, por favor, contactar João Miguel Paiva, na qualidade de Gerente, geral@aprova.pt.

A atividade de intermediação de crédito encontra-se sujeita a supervisão pelo Banco de Portugal.

Quaisquer reclamações, no âmbito da prestação de serviços de intermediação de crédito, poderão ser apresentadas por correio eletrónico para o endereço eletrónico, geral@aprova.pt, presencialmente na morada, Praça Engenheiro José Vaz Guedes, Loja 4C. Urbanização Malvarosa 2615-399 Alverca do Ribatejo, ou mediante correio postal registado, para a mesma morada, descrevendo a situação e os detalhes da reclamação.

As reclamações também poderão ser apresentadas diretamente ao Banco de Portugal, utilizando, para o efeito, os contactos e instruções que constam em www.bportugal.com.

O cliente dispõe igualmente da possibilidade de recorrer a meios de resolução alternativa de litígios, junto do CACCL e do CAUAL, ambos com sede em Lisboa, onde poderá apresentar as suas reclamações de forma a impedir conflitos com este intermediário de crédito.

CACCL – Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo
www.centroarbitragemlisboa.pt

CAUAL – Centro de Arbitragem da Universidade Autónoma de Lisboa
www.arbitragem.autonoma.pt

 

 

Como Intermediário de Crédito Vinculado estamos vedados a receber ou entregar quaisquer valores relacionados com a formação, a execução e o cumprimento antecipado dos contratos de crédito, nos termos do artigo 46º. do Decreto-Lei n.º 74-A/2017, de 23 de junho e pelo disposto no Decreto-Lei n.º 133/2009, de 2 de junho. No exercício da sua atividade, os intermediários de crédito devidamente autorizados e registados para o efeito junto do Banco de Portugal devem cumprir as regras previstas no regime jurídico aprovado pelo Decreto-Lei n.º 81-C/2017, de 7 de julho, no Aviso do Banco de Portugal n.º 6/2017, e demais preceitos legais e regulamentares.

Estando em causa a intermediação de contratos de crédito à habitação, a existência e o montante das comissões ou outros incentivos a pagar pelo mutuante ao intermediário de crédito, tal informação será prestada na Ficha de Informação Normalizada Europeia (FINE) prevista na legislação aplicável àquele tipo de contratos de crédito.